segunda-feira, 9 de abril de 2012

Especial de Semana Santa


Bacalhau + Frutos do Mar + Chocolate = Semana Santa.

Gosto, quando as principais épocas festivas, são facilmente reconhecidas, pelas comidas servidas. Assim como o Natal e o São João, tem suas comidas tradicionais e típicas, a Semana Santa também possui seus aromas e sabores bem definidos.

Para o bacalhau, apesar de sempre surgirem receitas novas, e elas não fogem muito das receitas tradicionais (uma combinação de batatas, cebolas, azeitonas e azeite). Então, resolvemos (eu e Sônia), apresentar uma receita tradicional e bastante saborosa: Bacalhau de Páscoa.
Apesar de ser consumido, principalmente, na Páscoa e, também, no Natal, aqui em casa, comemos durante todo o ano, pois adoramos o peixe salgado.
Segue os ingredientes e a receita:
1 kg de bacalhau (dessalgado e desfiado) - 700 ml de azeite extra-virgem - 6 ovos cozidos
1 kg de batatas em rodelas (levemente cozidas) - 02 cebolas em rodelas - alho à gosto
azeitonas pretas - 01 pimentão vermelho - 01 pimentão amarelo - 01 pimentão roxo
sal e pimenta do reino à gosto
O preparo, é bem simples. Em um refratário grande e fundo, unte com azeite e coloque uma camada de batata em rodelas (as batatas, devem estar cozidas, mas firmes, porque o cozimento se completará no forno), coloque bacalhau por cima das batatas, rodelas de cebola, alho triturado e intercale os pimentões coloridos. Tempere com sal e pimenta do reino, e repita as camadas, até que complete a altura do refratário. Tenha cuidado, para que a última camada, seja com os pimentões. Distribua as azeitonas e os ovos cozidos (cortados em rodelas), sobre os pimentões e regue com todo o azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido (220º) durante 40 minutos. Retire o alumínio, e deixe dourando por mais 15 minutos.
É uma receita prática, rápida, colorida e muito saborosa. O bacalhau e as batatas, cozinham dentro do azeite, absorvendo todo o sabor do azeite e dos pimentões.

A próxima receita, foi decidida na última quarta-feira, quando resolvemos fazer um jantar, para comemorar a Sexta-feira Santa e o aniversário de Sônia. Ou seja, uma data tão especial, deve ter um prato especial para ser servido aos amigos.
A Torta Capixaba, é uma mistura de várias moquecas (peixe, sururu, marisco, bacalhau e camarão). E, como o nome diz, é um prato típico do Espírito Santo. É diferente das moquecas baianas e das moquecas pernambucanas, pois não leva leite de coco e nem o azeite de dendê. É, de certa forma, um prato leve. Para quem é acostumado com as moquecas nordestinas, cheias de molho, podemos até estranhar. Mas, posso garantir, o sabor é inigualável !!!
500 gramas de filé de caranguejo - 500 gramas de bacalhau (desfiado e dessalgado)
500 gramas de filé de camarão (levemente cozido) - 500 gramas de marisco limpo
500 gramas de sururu - 500 gramas de filé de peixe (em cubos) - 500 gramas de palmito picadinho
alho triturado - 02 cebolas picadinhas - azeite à gosto - sal à gosto - pimenta do reino à gosto
02 colheres sopa de colorífico - 7 ovos batidos
Em uma panela de barro (só pode ser feita em panela de barro), doure o alho e a cebola em azeite. Em seguida, acrescente o peixe em cubos (usei cavala, mas pode ser feito com cação) e doure. Na sequência, coloque o bacalhau, o marisco, o sururu e o palmito picado (escorrido). Deixe refogando na própria água que sai dos ingredientes. À parte, misture o colorífico, com bastante azeite, e incorpore ao refogado (serve para dar uma corzinha). Por último, coloque os filés de camarão, misture bem. Acerte o sal e a pimenta e desligue o fogo. Lembre-se, que a panela de barro, continua quente e cozinhando os ingredientes por muito tempo. Em uma batedeira, bata os ovos inteiros, até atingirem o ponto de neve firme. Despeje sobre a moqueca e leve ao forno, até que fique bem dourado. Retire imediatamente do forno e sirva.

Para finalizar, não poderia faltar uma sobremesa, com muito chocolate. Essa receita, conhecemos em Fortaleza e, chama-se Bolo Nega Maluca. Nos foi apresentado por minha prima Vanessa e seu esposo Juninho. É um bolo muito macio e com muita calda.
Para a Massa: 03 ovos - 250 gramas de margarina derretida - 03 copos de farinha de trigo
01 copo de açúcar - 01 copo de leite morno - 06 colheres sopa de chocolate em pó
Para a calda: 01 lata de leite condensado - 01 lata de leite integral - 06 colheres sopa de chocolate em pó
Para a cobertura: 100 gramas de chocolate granulado
Massa: misture todos os ingredientes sólidos, faça uma cova no centro, e coloque os ovos. Cubra e misture a margarina derretida e o leite. Com um batedor manual ou batedeira, bata bem, até que o cheiro das gemas desapareça. Em um refratário (tem que ser em refratário, pois o bolo não é desenformado), untado com margarina e açúcar, despeje a massa e leve ao forno, durante 30 minutos.
Calda: leve ao fogo médio o leite condensado, o leite integral e o chocolate em pó, misture bem, até que adquira a consistência de calda fina.
Coloque metade da calda fina, sobre o bolo no refratário. Tenha o cuidado de furar todo o bolo com um garfo, para que a calda penetre e deixe o bolo bastante úmido.
Retorne com a calda ao fogo, até que ela adquira uma consistência mais grossa. Despeje-a sobre o bolo e decore com o chocolate granulado. Espere esfriar, e leve à geladeira por 2 horas, antes de servir.
Sem comentários..........
Postar um comentário